TITANOMAQUIA – A Batalha do Tempo de Toni de GomeS

30 de julho de 2022


 TITANOMAQUIA – A Batalha do Tempo

A Queda de Chronos

de Toni de GomeS

 

O ímpeto do medo ao fracasso

Rege no coração

A fraqueza dos “Imortais”

E a soberba da incúria

É a qualidade do inatingível

 Poderá ao impossível derrubar a um reino?

Quando o controle escapar de suas mãos...

A profecia então se realizará

 

Apenas o fruto de sua carne

Terá a onipotência em suas mãos

Apenas o sangue de teu

Poderá o teu sangue derramar

 

O destino inglório que te espera

Será o orgulho ferido, que jamais encontrará curar

E então o tolo senhor do tempo

Reivindicara seu trono

Devorando um a um de seus filhos

Gerando outro grandioso engano

 

Mas a errada interpretação

De que o tempo tudo pode

Se esquecendo que o mesmo

Se presta apenas como um meio

 

Enganado com uma pedra

Em sua última grotesca refeição

E assim perde seu ultimogênito filho

Que um dia voltará

Para libertar a seus irmãos

 

Então germina semente da batalha das batalhas

Entre Titãs e os futuros Deuses

A Titanomaquia

 

Culminando com a colossal queda do senhor do tempo

Receberam os despojos

A imortalidade para os vencedores

Teus filhos

Realizando o improvável

Todo império totalitário e covarde

Cairá…

 

Toni de Gomes

 

0 comentários:

Postar um comentário